fbpx

Novidade – Bons Ventos para Sulmak

Notícia – Aumento no Número de Empregos e Obras em 2010
dezembro 29, 2015

Novidade – Bons Ventos para Sulmak

Sulmak Locações fez parcerias com empresas responsáveis pela construção do Parque Eólico de Tramandaí.

A Empresa Sulmak estará presente na construção do Parque Eólico de Tramandaí. Nesta obra estarão presentes os equipamentos da Sulmak de última geração, da linha de construção e demolição.

Base Eólica, veículo Sulmak – Parque Eólico em Tramandaí:

A Notícia:

A EDP Renováveis Brasil, empresa do Grupo EDP, lançou na quarta-feira(24/09/2010), pela manhã, em Tramandaí a Pedra Fundamental para a construção do seu terceiro parque eólico no País.

Estiveram presentes na solenidade realizada na Sociedade Amigos de Tramandaí, a governadora do Estado do Rio Grande do Sul- Yeda Crusius, o prefeito de Tramandaí- Anderson Hoffmeister, a presidente internacional da EDP Renováveis- Ana Maria Fernandes, o presidente da EDP Brasil- Antonio Pitta de Abreu, vice-presidente da EDP Brasil- Miguel Setas, Luis Adão da Fonseca-Administrador da EDP Renováveis, deputados e secretários estaduais, vice-prefeitos, vereadores e empresários.

 

O Parque Eólico de Tramandaí tem capacidade instalada de 70 megawatts e produção estimada de 211.437MWh anuais, energia suficiente para abastecer uma cidade de 200 mil habitantes. A conclusão do empreendimento prevista para o final deste ano ampliará para quase 84 MW- destes 13,8 MW são dos dois parques já em operação a partir da energia dos ventos. Com toda a produção contratada pelo programa Proinfa, o empreendimento será composto por 31 aerogeradores(de 1.9 a 2.3MW) com torres de 98 metros e pás de 40 metros, que somam uma altura total de 138 metros, equivalente à altura de um prédio de 50 andares. Para se ter uma idéia de grandeza, um aerogerador de 2,3 MW produz de 3 a 5 milhões kWh de energia limpa por ano, o que corresponde ao consumo de 1.600 residências ou 6.400 pessoas.

 

O Parque Eólico Tramandaí reforça a aposta do Grupo EDP em energia eólica, considerada estratégica e definitiva, alinhada com a necessidade da matriz energética brasileira contar com energia limpa complementar à hídrica e a térmica. Com o crescimento econômico, o País precisará de fontes alternativas para suportar este desenvolvimento. Além do seu caráter não poluente, esta fonte permite uma redução considerável na dependência energética do exterior. Aliada a estes fatores, o Grupo EDP possui a experiência mundial, por meio da EDP Renováveis, terceiro maior produtor mundial de energia eólica. Instalado na Zona Sul da cidade de Tramandaí em uma área de 832 hectares, o parque eólico deve gerar cerca de mil empregos no período de pico das obras, quando serão construídas as vias de acesso, fundações, torres, subestação e linha de transmissão. A EDP Renováveis Brasil obteve a licença de instalação do parque eólico de Tramandaí em janeiro deste ano, emitido pela Fundação Estadual de Proteção Ambiental(Fepam).

 

A conclusão do processo de licenciamento levou dois anos e a Companhia atendeu às exigências ambientais, incluindo proteção e controle de aves migratórias e preservação de espécies da fauna e da flora nativas. Na carteira da EDP Renováveis Brasil já constam dois parques eólicos em operação, localizados em Santa Catarina, com 13,8 megawatts de potência, provenientes da aquisição da Cenaeel em 2008. A EDP Renováveis do Brasil – Empresa com enfoque na geração de energia eólica no Brasil é participada em 55% pela EDP Renováveis e 45% pela EDP- Energias do Brasil.

Fonte: EDP Renováveis

 

Base Eólica, veículo Sulmak – Parque Eólico em Tramandaí:

Base Eólica – Parque Eólico de Tramandaí

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *